Encuesta de la Comisión de Obstetricia

VERSION CASTELLANO


| APENDICE |

Itagyba Martins Chaves (Coordenador)
Rosa Inês Costa Pereira
Carlos Othon Bastos
Raquel da Rocha Pereira
Técnicas Anestésicas nas Patologias Obstétricas

Prezado colega,

Dando prosseguimento a um trabalho iniciado em gestões anteriores, estamos enviando um novo questionário. Esta nova pesquisa enfoca primordialmente a estrutura dos hospitais e as técnicas anestésicas para o atendimento de patologias obstétricas. Todos os Centros de Ensino de Anestesiologia dos países membros da CLASA estão sendo convidados a participar desta nova etapa que visa definir e delinear melhor a situação da anestesia obstétrica na América Latina.
Estas informações são imprescindíveis para que o Comitê de Anestesia em Obstetrícia possa conhecer melhor as peculiaridades e as necessidades de cada um e de todos os nossos membros e assim delinear melhor as metas e as estratégias de trabalho.
Contamos com a colaboração de todos a fim de que possamos dar continuidade a este projeto que faz parte de uma proposta bem mais ampla: a integração dos colegas Latino-Americanos a fim de aprimorarmos as nossas virtudes e revisarmos as nossas deficiências.

Gratos pela atenção e colaboração.

Comitê de Anestesia em Obstetrícia


A) Parte I. Estrutura e funcionamento hospitalares.
  1) O seu hospital é centro de referência para o tratamento de patologias obstétricas na região onde se localiza?
( ) Sim ( ) Não
2) Qual o percentual médio de gestantes com patologias obstétricas atendidas no hospital?
( ) 0 - 5 ( ) 5 - 25 ( ) 25 - 50 ( ) 50 - 75 ( ) mais de 75
3) Quais as patologias obstétricas mais freqüentes? (citar três em ordem crescente de freqüência):
1 - ________________________________________
2 - ________________________________________
3 - ________________________________________
4) Existe pronto-atendimento e/ou serviço de emergência disponível ininterruptamente no hospital destinado a pacientes obstétricas?
( ) Sim ( ) Não ( ) Apenas em alguns períodos
5) Existe equipe de obstetrícia disponível ininterruptamente no hospital para o atendimento de emergências obstétricas?
( ) Sim ( ) Não ( ) Apenas em alguns períodos
6) Existe equipe de anestesiologia disponível ininterruptamente no hospital para o atendimento de emergências obstétricas?
( ) Sim ( ) Não ( ) Apenas em alguns períodos
7) Existe banco de sangue e/ou agência transfusional no hospital funcionando ininterruptamente?
( ) Sim ( ) Não ( ) Plantão à distância
8) Existe radiologia e ultrassonografia no hospital funcionando ininterruptamente?
( ) Sim ( ) Não ( ) Plantão à distância
9) Existe laboratório de análises clínicas no hospital funcionando ininterruptamente?
( ) Sim ( ) Não ( ) Plantão à distância
10) Existe terapia intensiva para adultos no hospital?
( ) Sim ( ) Não ( ) As pacientes são encaminhadas a outro hospital
11) Os anestesiologistas participam da equipe da terapia intensiva de adultos?
( ) Sim ( ) Não ( ) Não existe terapia intensiva de adultos
12) Existe terapia intensiva neonatal no hospital?
( ) Sim ( ) Não ( ) Os recém-natos são levados a outro hospital
13) Os anestesiologistas participam da equipe da terapia intensiva neonatal?
( ) Sim ( ) Não ( ) Não existe terapia intensiva neonatal
14) Existe neonatologista para o atendimento do recém-nato no momento do nascimento?
( ) Sim ( ) Não ( ) Às vezes
15) Os anestesiologistas participam do atendimento ao neonato na sala de parto?
( ) Sempre ( ) Nunca ( ) Às vezes. Em que situações: _________________
_______________________________________________________________
16) Existe programa de residência médica e/ou estágios para formação de médicos especialistas em obstetrícia?
( ) Sim ( ) Não ( ) Ocasionalmente
17) Existe programa de residência médica e/ou estágios para formação de médicos especialistas em neonatologia?
( ) Sim ( ) Não ( ) Ocasionalmente

B)

Parte II. Condutas e técnicas anestésicas.
  1) Solução(ões) utilizada(s) para hidratação intraoperatória nas pacientes obstétricas no seu hospital:
( ) Ringer
( ) Ringer com lactato
( ) Cloreto de sódio a 0,9%
( ) Glicose a 5%
( ) Outras:_______________________________________________________
2) Volume infundido da solução utilizada para hidratação intraoperatória em cesáreas (ml/Kg):
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
3) Volume infundido da solução utilizada para hidratação intraoperatória na analgesia do parto normal (ml/Kg):
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
4) Utiliza deslocamento uterino rotineiramente?
( ) Sim, deslocamento manual
( ) Sim, decúbito lateral esquerdo
( ) Sim, cunha de Crawford
( ) Apenas se houver hipotensão arterial
( ) Não é utilizada rotineiramente
5) Uso de vasopressor na anestesia regional em obstetrícia:
Fármaco:___________________________________ Dose:______________
Indicação:______________________________________________________
6) Utiliza agulhas descartáveis para bloqueios espinhais?
( ) Sim ( ) Não ( ) Às vezes
7) Utiliza seringas descartáveis para bloqueios espinhais?
( ) Sim ( ) Não ( ) Às vezes
8) Posição para realização de bloqueio espinhal em obstetrícia:
( ) Sentada ( ) Decúbito lateral
9) Anestésico(s) local(is) utilizado(s) na anestesia regional para cesárea:
( ) Lidocaína ( ) Bupivacaína ( ) Ropivacaína ( ) Outros:________________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
10) Anestésico(s) local(is) utilizado(s) na anestesia regional para analgesia do trabalho de parto:
( ) Lidocaína ( ) Bupivacaína ( ) Ropivacaína ( ) Outros:________________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
Anestésico local:_____________ Concentração:_______ Via:______________
11) Utiliza opióides na anestesia regional para obstetrícia?
( ) Sim, associado a anestésicos locais
( ) Sim, de forma isolada
( ) Sim, tanto associado a anestésicos locais quanto isoladamente
( ) Ocasionalmente
( ) Não são utilizados rotineiramente
Opióide:_________________________ Dose:__________________________
Opióide:_________________________ Dose:__________________________
12) Realiza profilaxia farmacológica da aspiração traqueal?
( ) Sim ( ) Não ( ) Na ausência de jejum pré-operatório
( ) Outras: _________________________________________________
13) Fármacos utilizados para a profilaxia farmacológica da aspiração traqueal:
( ) Não utiliza profilaxia farmacológica da aspiração traqueal
1)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
2)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
3)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
4)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
14) Utiliza a indução em seqüência rápida com compressão cricóide na indução da anestesia geral em obstetrícia?
( ) Sempre ( ) Não é utilizada ( ) Na ausência de jejum pré-operatório
15) Fármacos utilizados para anestesia geral em obstetrícia no seu hospital:
1)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
2)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
3)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
4)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
5)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
6)_____________________ Dose - __________________________mg/Kg
16) Anestésico(s) inalatório(s) utilizado(s) para a anestesia geral em obstetrícia no seu hospital:
( ) Halotano
( ) Enflurano
( ) Isoflurano
( ) Sevoflurano
( ) Desflurano
( ) Óxido nitroso
( ) Outros:_________________________________________________
17) Monitorização não-invasiva disponível para atendimento anestésico das gestantes com patologias obstétricas (assinalar os itens existentes):
( ) Cardioscopia
( ) Dinâmica ventilatória
( ) Oximetria de pulso
( ) Temperatura
( ) Ecocardiografia trans-esofágica
( ) Gases respiratórios
( ) Estimulador de nervos periféricos
( ) Pressão arterial média
( ) Outros:_________________________________________________
18) Monitorização invasiva disponível para atendimento anestésico das gestantes com patologias obstétricas (assinalar os itens existentes):
( ) Pressão arterial média
( ) Pressão venosa central
( ) Cateter de artéria pulmonar
( ) Outros:_________________________________________________
19) É realizada cardiotocografia fetal rotineiramente durante o trabalho de parto?
( ) Sim ( ) Não ( ) Às vezes

C.

Parte III. Patologias obstétricas.
  Doença Hipertensiva Específica da Gestação (DHEG).
1) Anestesia de escolha para a cesárea de paciente portadora de DHEG com feto vivo no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
2) Anestesia de escolha para a analgesia de trabalho de parto de paciente portadora de DHEG com feto vivo no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
3) Anestesia de escolha para a paciente portadora de DHEG com óbito fetal no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
4) Anestesia de escolha para a paciente portadora de eclâmpsia (DHEG grave com crise convulsiva tônico-clônico generalizada) no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
5) Anestesia de escolha para a paciente em uso de sulfato de magnésio para o controle da DHEG no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
( ) Não utilizamos sulfato de magnésio para controle da DHEG
6) Realiza bloqueio espinhal contínuo na paciente com DHEG?
( ) Sempre
( ) Nunca
( ) Ocasionalmente:_______________________________________________
7) Qual o tratamento utilizado para a crise hipertensiva pré-operatória na portadora de DHEG no seu hospital?
( ) Hidralazina por via intravenosa
( ) Sulfato de magnésio
( ) Nifedipina
( ) Nitroprussiato de sódio
( ) Outros:_________________________________________________
8) Realiza testes laboratoriais para avaliação da coagulação antes da realização de bloqueios espinhais na gestante com DHEG?
( ) Sim, rotineiramente
( ) Sim, nos casos de pre-eclâmpsia grave e eclâmpsia
Quais:__________________________________________________________
( ) Não são realizados testes laboratoriais
9) Testes laboratoriais para avaliação da coagulação rotineiramente solicitados no pós-parto imediato de paciente com DHEG grave no seu hospital (assinalar os itens):
( ) Tempo de sangramento
( ) Tempo de coagulação
( ) Tempo de protrombina
( ) Tempo de tromboplastina parcial
( ) Tempo de trombina
( ) Testes de função plaquetária
( ) Outros:_________________________________________________
10) Dosagens plasmáticas bioquímicas rotineiramente solicitados no pós-parto imediato de paciente com DHEG grave no seu hospital (assinalar os itens):
( ) Transaminases
( ) Bilirrubinas
( ) Glicemia
( ) Fibrinogênio
( ) Creatinina
( ) Ácido úrico
( ) Desidrogenase lática
( ) Lactato
( ) Fosfatase alcalina
( ) Outras:_________________________________________________
11) Realiza monitorização hemodinâmica invasiva nas gestantes portadoras de DHEG?
( ) Sempre( ) Nunca ( ) Ocasionalmente:___________________________
12) Utiliza vasoconstrictor associado ao anestésico local para anestesia regional na portadora de DHEG?
( ) Sim ( ) Não ( ) Ocasionalmente
13) Utiliza alcalóides derivados do ergot (ex.: metilergonovina) para manutenção do tônus uterino no pós-parto de pacientes portadoras de DHEG?
( ) Sim ( ) Não ( ) Às vezes ( ) Se houver sinais de hipotonia uterina
14) Solução(ões) utilizada(s) para hidratação intraoperatória nas pacientes obstétricas portadoras de DHEG:
( ) Ringer
( ) Ringer com lactato
( ) Cloreto de sódio a 0,9%
( ) Glicose a 5%
( ) Outras________________________________________________________
15) Volume infundido da solução utilizada para hidratação intraoperatória em cesáreas (ml/Kg) nas portadoras de DHEG:
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
16) Volume infundido da solução utilizada para hidratação intraoperatória na analgesia do parto normal (ml/Kg) nas portadoras de DHEG:
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Síndromes Hemorrágicas da Gestação.
1) Cite as soluções cristalóides mais freqüentemente utilizadas no seu hospital para a reposição volêmica de gestantes portadoras de hemorragias obstétricas:
Solução - ________________________________________
Solução - ________________________________________
Solução - ________________________________________
Solução - ________________________________________
2) Cite as soluções colóides mais freqüentemente utilizadas no seu hospital para a reposição volêmica de gestantes portadoras de hemorragias obstétricas:
Solução - ________________________________________
Solução - ________________________________________
Solução - ________________________________________
Solução - ________________________________________
3) Anestesia de escolha para a cesárea em decorrência de descolamento prematuro de placenta (DPP) com feto vivo no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
4) Anestesia de escolha para a cesárea em decorrência de descolamento prematuro de placenta (DPP) com óbito fetal no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
5) Realiza coagulograma antes da administração de bloqueio espinhal a gestante portadora de DPP?
( ) Sim ( ) Não ( ) Ocasionalmente
6) Considera essencial a existência de coagulograma normal a fim de realizar um bloqueio espinhal em paciente portadora de DPP?
( ) Sim ( ) Não
7) Testes laboratoriais para avaliação da coagulação rotineiramente solicitados no pós-parto imediato de paciente portadora de DPP no seu hospital (assinalar os itens):
( ) Tempo de sangramento
( ) Tempo de coagulação
( ) Tempo de protrombina
( ) Tempo de tromboplastina parcial
( ) Tempo de trombina
( ) Testes de função plaquetária
( ) Outros:_______________________________________________
8) Percentual estimado de histerectomia puerperal por atonia uterina nos últimos 12 meses no seu
hospital:__________________________________________
9) Anestesia de escolha para a cesárea em decorrência de placenta prévia (PP) sem sangramento ativo no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
10) Anestesia de escolha para a cesárea em decorrência de placenta prévia (PP) com sangramento ativo no seu hospital:
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
Sofrimento Fetal Agudo.
1) Qual a anestesia de escolha para a cesárea emergencial em decorrência de sofrimento fetal agudo (bradicardia sustentada) no seu hospital?
( ) Peridural
( ) Raquianestesia
( ) Combinada raqui-peridural
( ) Anestesia geral
2) Método(s) de monitorização fetal utilizado(s) durante o trabalho de parto no seu hospital:
( ) Ausculta dos batimentos cárdio-fetais
( ) Cardiotocografia
( ) Ultrassonografia
( ) Outros:_________________________________________________
Outras patologias.
1) Solução(ões) utilizada(s) para hidratação intraoperatória nas pacientes obstétricas portadoras de diabetes gestacional:
( ) Ringer
( ) Ringer com lactato
( ) Cloreto de sódio a 0,9%
( ) Glicose a 5%
( ) Outras________________________________________________________
2) Volume infundido da solução utilizada para hidratação intraoperatória em cesáreas (ml/Kg) nas portadoras de diabetes gestacional:
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
3) Volume infundido da solução utilizada para hidratação intraoperatória na analgesia do parto normal (ml/Kg) nas portadoras de diabetes gestacional:
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Solução - _______________________________ Volume -____________ml/Kg
Volver

Webmaster - Editor responsable: [email protected]